MENU

INADIMPLÊNCIA AUMENTA EM NÍVEIS HISTÓRICOS


  • Data:
  • 19/05/2016 às 10h16m

Vários são os fatores que impulsionaram o aumento da inadimplência no Brasil. Obrigações vinculadas à Pessoa Física ou Jurídica deixaram de ser cumpridas no prazo estipulado, levando à redução da margem de crédito e capacidade de novas compras ou contratações. Além de sofrer os efeitos da inadimplência, padece o Credor com a falta também de mercado, de público para atuar. 

Ceder crédito para quem está inadimplente seria risco ainda maior, ao que parece em primeiro momento. Exclui-se de quaquer linha de crédito quem apresenta restrições, cadastros em órgãos de proteção ao crédito. Mas, no momento atual, diante do cenário nacional, analisar o histório anterior a crise de seu cliente pode ser uma grande ferramenta e oportunidade de recuperar o seu crédito, recuperar seu cliente para novas compras e contratações, fidelizando-o a quem garante na base da CONFIANÇA e da PALAVRA novos negócios que irão tirar ambos, credor e devedor, da situação instaurada e imposta pela Crise Financeira Nacional. 

Segundo o portal Exame grandes bancos e finaceiras sentem o efeito da inadimplência na redução de sua margem de lucro. A exemplo tem-se o  lucro do Banco do Brasil que já no primeiro trimestre caiu quase 60% pressionado por um salto nas provisões para perdas com inadimplência, refletindo o cenário econômico negativo e a crise no setor de óleo e gás, que levaram a instituição a prever despesas maiores com calotes em 2016.

O maior banco do país em ativos anunciou nesta quinta-feira lucro líquido de 2,359 bilhões de reais para o período, queda de 59,5% ante mesmo intervalo do ano passado.

O Bradesco prevê uma possível estabilização da queda de seus lucros apenas em 2017, com perspectivas de voltar a crescer apenas em 2018. 
Pequenas empresas que trabalham diariamente com a cessão de créditos para seus clientes não tem capacidade de suportar por tanto tempo sem novas cessões de créditos, novas vendas, novas contratações.
Daí onde vem a preocupação maior: ENCONTRAR UM MEIO DE TODOS PODEREM SUPERAR A CRISE, clientes e empresas.
 
Seguem algumas dicas de nossos especialistas em Recuperação de Crédito: 
1. Analise o Histórico de seu cliente 
2. Realize reuniões com seu Financeiro e seu Comercial a fim de traçar o perfil do Cliente atualmente inadimplente. 
3. Estabeleça metas para recuperação de ativos, e, insira estes BONS PAGADORES de praxe, e, atualmente em dificuldades financeiras no rol, a CONFIANÇA será lembrada pelo mesmo na hora de PRIORIZAR seus compromissos. 
4. Acompanhamento pós venda é de sua importância para que seu cliente tenha bons resultados e com isso mantenha os compromissos com sua empresa adimplentes.
5. Defina política de descontos e condições para recuperação de seu crédito, saiba que o bom pagador em dificuldade sabe compreender quem deverá ter seu crédito priorizado, e, será sua empresa. 
Com tais ações além de recuperar o crédito perdido, sem interpelações judiciais, a empresa recuperará seu cliente para juntos superarem as dificuldades do mercado. 
Isabelle Machado 
Consultora Esc - Escritório de Cobrança 

Confira outras notícias


Lucro recorrente do Itaú cai quase 10% no trimestre e soma R$ 5,2 bi

  • Data:
  • 10/05/2016 às 21h11m

SÃO PAULO - (Atualizada às 11h) O Itaú Unibanco teve lucro líquido recorrente de R$ 5,235 bilhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa queda de 9,6% na comparação com o mesmo período de 2015. O lucro líquido contábil foi de R$ 5,184 bilhões, frente a R$ 5,733 bilhões nos três primeiros meses de 2015. A margem financeira gerencial da...


O prazo prescricional na cobrança da mensalidade escolar

  • Data:
  • 10/05/2016 às 21h06m

Sumário: 1. Introdução; 2. Discussão; 2.1. Nosso desenvolvimento; 2.2. Regra de transitoriedade; 3. Jurisprudência pesquisada; 4. Conclusão; Bibliografia. Resumo: Este artigo discorre sobre o prazo prescricional da cobrança da mensalidade escolar, analisando a legislação pátria, a doutrina e o entendimento de alguns Tribunais. Palavras-chave: presc...


Nova lei acelera cobrança de dívidas condominiais

  • Data:
  • 10/05/2016 às 20h58m

Depois de 42 anos, legislação - revisada e atualizada - desburocratiza processo de cobrança de dívidas; Lei 13.105 está em vigor desde 18 de março. O sinal é de alerta para os inadimplentes de condominiais de plantão. Em vigor desde o dia 18 de março, depois de ficar cinco anos tramitando na Câmara Federal e no Senado Federal, o Novo Código de Pr...


Av. São Paulo, 1210 - Empresarial Esquina São Paulo
Loja 104 - Bairro dos Estados - João Pessoa - PB
(83) 3507.1623
Whats ESC Escritório de Cobrança
WhatsApp
(83) 9 9998-5990
ESC - Escritório de Cobranças - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Visual Slim